Nada une tão fortemente como

Nada une tão fortemente como o ódio - nem o amor, nem a amizade, nem a admiração.

Anton Tchekhov