Para que tantos rótulos e

Para que tantos rótulos e definições quando a beleza da vida está no indefinido, no misterioso, na magia do ser.