Frases Bonitas

Eu sei que todos os

Eu sei que todos os dias quando eu acordo Deus dá um sorriso e me diz: estou te dando a chance de tentar de novo.

É preciso amar as pessoas

É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã.

Ame muito, cada vez mais,

Ame muito, cada vez mais, de modos diferentes.

É preciso força pra sonhar

É preciso força pra sonhar e perceber que a estrada vai além do que se vê.

A distância separa dois olhares,

A distância separa dois olhares, mas nunca dois corações!

Deus: o único que te

Deus: o único que te escuta quando ninguém mais quer ouvir sua voz.

Duas vidas, dois corações unidos

Duas vidas, dois corações unidos na amizade, unidos no amor!

O verdadeiro amor não tem

O verdadeiro amor não tem final feliz, porque o amor verdadeiro nunca acaba.

Se podemos sonhar, também podemos

Se podemos sonhar, também podemos tornar nossos sonhos realidade.

As melhores coisas da vida,

As melhores coisas da vida, não podem ser vistas nem tocadas, mas sim sentidas pelo coração.

Amigos são como o vento:

Amigos são como o vento: às vezes perto, outras longe, mas eternos em nossos corações.

Quase sempre, quem menos tem,

Quase sempre, quem menos tem, é quem mais compartilha.

Afinal, quem ama de verdade,

Afinal, quem ama de verdade, nunca deixa de amar.

Eu queria não querer, mas

Eu queria não querer, mas sem querer, eu quero.

Ai você lembra daquela pessoa,

Ai você lembra daquela pessoa, e de repente solta um suspiro de saudade.

A vida fica mais bonita,

A vida fica mais bonita, quando encontramos alguém que nos faça bem.

Prevenir é a melhor forma

Prevenir é a melhor forma de lutar!

Para sermos felizes, precisamos de

Para sermos felizes, precisamos de amor, família e amigos. Amor nós temos, família formaremos, e amigos são vocês.

Não quero final feliz, quero

Não quero final feliz, quero felicidade sem fim!

É loucura odiar todas as

É loucura odiar todas as rosas, porque uma te espetou.

Não importa a cor do

Não importa a cor do céu lá fora. Quem faz o meu dia bonito é você.

124