Ocultar a ignorância é melhor do que trazê-la a público.

Ocultar a ignorância é melhor do que trazê-la a público.

Entre a raiz e a flor há o tempo.

O amor é como a lua, quando não aumenta, diminui.

Quando você ama alguém, você ama a pessoa como ela é, e não como você gostaria que ela fosse.

A ação nem sempre traz felicidade, mas não há felicidade sem ação. 

O homem só gosta de contar seus problemas; ele não calcula sua felicidade. 

Quando se ama, o coração é quem julga.

O olhar de quem odeia é mais penetrante do que o olhar de quem ama.

O tempo é o mais sábio dos conselheiros.

O maior dos bens é viver com prazer.

O amigo deve ser como o dinheiro, cujo valor já conhecemos antes de termos necessidade dele.